sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Pavio de tumores


















A babaquice foi alta de mais
quando se ouviram apartir do gesto
toda patética ironia
injetada em suas veias sedentárias
mentes que ignoram a paz
para conseguir o que não precisam
Toda visão distorcida
em bilhões de sentimentos despercebidos
para agradarem seus egos vencidos
suas pupilas mal dilatadas
incineradas em sua reclusão
dispostas dentro de um pavio de tumores
Sangrando de suas palavras
toda arrogância e crueldade

Por Manfrá

Nenhum comentário:

Postar um comentário